Bem Vindo a Página do Banrisul Formulário para acesso direto a conta

Página Inicial » Áreas Temáticas » Sustentabilidade » Gestão

O renascimento do plástico

Nas últimas décadas, o uso de produtos plásticos tornou-se indispensável em nossa vida cotidiana nos mais diversos tipos de materiais, como embalagens, componentes de uso doméstico, em automóveis, itens de informática, etc. . Como consequência do consumo desses produtos, deparamo-nos com o problema da geração excessiva de resíduos. Além do grande volume de lixo gerado, o plástico possui um tempo médio de degradação, na natureza, de 200 a 400 anos.

Em meados da década de 1980, surgiu uma nova tecnologia para a produção de plásticos, a qual utiliza matéria-prima a partir de fontes renováveis vegetais, como o milho, a batata, a cana-de-açúcar, dando origem ao plástico biodegradável. Este produto tem como característica principal a rápida degradação. Quando depositado em aterro sanitário ou em compostagem, juntamente com o lixo orgânico, decompõe-se num período médio de 40 a 180 dias. Esse processo reduz significativamente o volume de resíduos que permanecem por longos períodos em aterros sanitários.

Ainda estão sendo desenvolvidas melhorias para esse tipo de material, como resistência ao calor, ao frio e a componentes químicos. Apesar de estar em aprimoramento, o plástico biodegradável é visto como ótima alternativa para a substituição do plástico convencional. Ele é usado em diversos países, como Alemanha, Japão e Estados Unidos, de forma ampla em embalagens de alimentos, copinhos, pratinhos de aniversário, sacolas de compras, potes de condimentos e produtos farmacêuticos.

Verifica-se que o custo deste produto em relação ao plástico convencional ainda é de 100% a 150% maior, devido ao baixo volume de produção. No intuito de melhorar esse aspecto, devemos incentivar a maior produção e consumo desse material, para que com isso seja possível a diminuição do custo para o consumidor final. Outro aspecto relevante para que haja mudança nesse sentido é a conscientização da sociedade sobre o benefício ambiental do consumo do plástico biodegradável.

Imagine que vantajoso, para a sociedade e o meio ambiente, podermos comprar um alimento em que a embalagem possa ser descartada no lixo orgânico, podendo ser decomposta em apenas seis meses. Devemos perceber que essa mudança depende da cadeia produtiva que é demandada pelo consumidor final. A sociedade deve demonstrar seu interesse para que o plástico biodegradável esteja disponível com custo justo e acessível, proporcionando, dessa maneira, a redução do impacto ambiental.

Por: Grupo Estratégico de Gestão Socioambiental do Banrisul.

[nwbs] 1995 ~ 2019 © Banrisul S.A.. Todos Direitos reservados. Navegação rápida Página Inicial | Mapa do site | Política de Segurança